Author Archives: thiago

15 coisas que você precisa abandonar para ser feliz

Encontrei este texto fantástico e não pude deixar de compartilhar.
Achei inclusive que ele serve como um ótimo guia para que nós pensemos nas nossas vidas e em como estamos nos comportando em relação a nós mesmos.

1. Desista da sua necessidade de estar sempre certo.

Há tantos de nós que não podem suportar a ideia de estarem errados – querem ter sempre razão – mesmo correndo o risco de acabar com grandes relacionamentos ou causar estresse e dor, para nós e para os outros. E não vale a pena, mesmo. Sempre que você sentir essa necessidade “urgente” de começar uma briga sobre quem está certo e quem está errado, pergunte a si mesmo: “Eu prefiro estar certo ou ser gentil?” (Wayne Dyer) Que diferença fará? Seu ego é mesmo tão grande assim?
Continue reading

A geração M

GeraçãoM

Estava estes dias pensando sobre como são as gerações atuais. Temos geração X, Y e Z. Eu não sei atualmente o quanto estas definições de gerações estão corretas e minimamente precisas, mas gostaria de falar sobre duas gerações distintas que estão cada uma num extremo.
Temos a geração X, Y e Z. Vou por esta falta de definição precisa chamar pelas datas ao invés de nomes.

A geração que veio desde 1930 até por volta dos anos 60, foi uma geração preocupada em estabilidade econômica, uma geração que passou por vários problemas e teve que se virar para conseguir o seu pão de cada dia. Eles tiveram que se virar com uma tecnologia precária, ainda se formando.

Continue reading

Fórmula da comédia romântica

Todo homem casado, feliz ou infelizmente acaba assistindo comédias românticas.
Eu depois de assistir alguns montes delas, percebi que elas todas tem uma formula e história básica e só mudam alguns detalhes em volta, e vejam que esta fórmula não é genérica.

Ah,
Não é que homens não gostem de comédias românticas, mas por serem sempre iguais, depois das 2 ou 3 primeiras, cansa 🙂

Continue reading

Mortes na tecnologia

Unix

Unix

Steve Jobs morreu. ok. Muita gente escreveu sobre ele, notícias para todos os lados, homenagens reportagens e até provavelmente logo um filme. Eu não estava pensando em escrever nada sobre isso, até que… talvez meio ofuscado pela morte do primeiro, ou talvez por ser simplesmente um nerd genial e não muito um cara da mídia, morre aos 70 anos de idade Dennis Ritchie.
Bom, escreveram bastante coisa sobre os dois – Ritchie em especial, no meio técnico – e isso é fácil de se ver por ai, mas para os leigos em tecnologia, o Steve Jobs inventou o iphone/ipod/mac. Estes todos usam um sistema operacional chamado UNIX. Adivinha quem criou o unix ? Isso mesmo. A grande maioria dos softwares desenvolvidos usam uma linguagem criada por ele, ou alguma derivada da que ele criou (Nos dois casos, junto com outra pessoa).

Continue reading

Socrates sobre compartilhar o conhecimento

Li este texto na internet e mesmo sem ter certeza da procedência, mas por pensar de forma bem parecida, resolvi publicar:

“If you have problems in understanding the substance of Free Software, read the following dialogue between Socrates and Antiphon (Xenophon, Memoires A, 6).

ANTIPHON: I believe that you are a fair man. I do not consider you wise, though. I even think that you know this yourself, since you do not receive any money for your teaching. Your clothes, however, or your house, or any other of your possessions, which you think that may be of value, you would not give it for free or for a lower price than what it’s worth. It is, thus, obvious that if you consider your teaching of value, you should have been receiving some money. You might therefore be fair, because you do not deceive anybody out of greed, but you cannot be wise because you know things with no value.

SOCRATES: Antiphon, I find selling one’s beauty or wisdom a foul deed. Because, if one sells his beauty to whoever wants it, then we call him a prostitute, but if one meets somebody who is beautiful in body and soul and befriends him, then we call him a wise man. This is exactly what happens with wisdom. The ones selling it to those who want it are called Sophists*. Whoever, though, understands that somebody is clever and teaches him something good and makes him a friend, we believe that he is a good and virtuous citizen.

The same way, then, that somebody is pleased to have a good horse or a dog (tangible goods), so am I, and much more, when I have good friends and if I know something good I teach and I recommend it to others, which I think will benefit when it comes to virtue. And I study together with my friends the treasures written in the books of the old wise men and if we find something good we say it and we consider it to be a big profit if we become friends through this.

*Socrates, greatly averse to the Sophists who were paid for the classes they gave mainly to young rich Athenians, compares them to prostitutes (of knowledge).”

Fonte: http://www.mygnulinux.com/?p=556

MacBook Pro 15″ Review

Apple

Apple

Começo esse post dizendo: Eu finalmente gostei de um produto da Apple.

Estou usando neste momento o Apple MacBook Pro 15″ (Modelo MC721LL/A)

Rápida descrição do brinquedo… er, produto:
2.0GHz quad-core Intel Core i7 processor
500 GB Hard Drive, 8x DVD/CD SuperDrive, 4 GB DDR3 RAM
15.4 inch LED-backlit display, 1440-by-900 resolution
AMD Radeon HD 6490M graphics processor with 256MB of GDDR5 memory
Sempre tive um pé atrás com produtos da apple, mas desta vez eles fizeram bem a lição de casa. O laptop padrão de 15″, tem um super processador, ótimo display de vídeo – usado intel para o desktop e ati para jogos.

Comentário em off: Logo que peguei o laptop instalei o ubuntu 11.04 alpha e rodou muito bem. Ainda faltam alguns drivers, mas em pouco tempo o ubuntu estará 100% nele.

Continue reading

Porque o Google é importante para o Linux

Linux Logo - Tux

Linux Logo - Tux

Apesar de muito tempo sem conseguir postar com qualquer regularidade, hoje minhas filhas dormiram mais cedo e eu apesar de estar caindo de sono, tive uma inspiração súbita lendo um post de um dos funcionários da Canonical (criadora do ubuntu) dizendo que vai deixar a empresa para se juntar ao Google.

Muita gente (incluindo eu mesmo) fazem a brincadeira dizendo que o Google é a skynet, dizendo que eles tem muitos dados, que o ChromeOS não deve ser usado pois ele guarda os seus dados na internet (nos servidores do próprio google talvez), dentre outras coisas. Muitos esquecem do enorme serviço que eles vem fazendo para a abertura de padrões.

O ChromeOS é um sistema operacional, feito para netbooks, que será inicialmente um sistema rodando em um hardware específico, meio travado para o usuário (em relação ao funcionamento, instalação de software, etc). Talvez seja correto dizer que até meio limitado, já que é um laptop feito para ser usado apenas na internet.

Continue reading

Carta de Stallman para a Dilma

E novamente o polêmico Stallman (Mr. RMS) aparece com alguma novidade para o Brasil.

Sempre taxado de polêmico e radical por suas opiniões e comportamento, ele é também muito sensato. Nesta carta enviada a nossa quase presidenta Dilma, ele fala sobre um assunto muito controverso – compartilhamento de arquivos.

Este assunto não só é polêmico, mas também muito importante, pois a indústria fonográfica é uma das que atrasam a tecnologia e o avanço dos negócios na internet. Não se pode tentar barrar a tecnologia por ela ferir um modelo antigo de negócios, mas sempre adaptar-se quando a tecnologia é boa ou está dominante.

Continue reading